Liturgia Catequese Movimentos Historial Cartorio Cantinho Links Úteis Destaque
Agenda
Atividades
Folha Dominical
Jornal
Noticias
Recursos

Encontro de catequistas da Paróquia de Oliveira de Azeméis Setembro 2015
Encontro de catequistas da Paróquia de Oliveira de Azeméis Setembro 2015

Encontro de catequistas da Paróquia de Oliveira de Azeméis Setembro 2015

Encontro de catequistas da Paróquia de Oliveira de Azeméis Setembro 2015

Encontro de catequistas da Paróquia de Oliveira de Azeméis Setembro 2015

Encontro de catequistas da Paróquia de Oliveira de Azeméis Setembro 2015

Encontro de catequistas da Paróquia de Oliveira de Azeméis Setembro 2015

2015-09-26

Encontro de catequistas da Paróquia de Oliveira de Azeméis:

No passado dia 26 de setembro realizou-se, no parque de La-Salette, mais um encontro de catequistas da nossa paróquia. 

O ponto de encontro foi o Santuário de Nossa Senhora de La-Salette. Iniciou-se com uma oração de oferecimento do dia seguido de leitura e reflexão do Evangelho feita pelo nosso Pároco, o Sr. Pe. Albino. Terminou-se com uma linda ação de graças e como não podia deixar de ser, um cântico. Cântico onde pedimos ao Senhor que nos desse a Sua mão para que caminhando pela Sua estrada fiquemos para sempre junto a Ele. 

Seguiu-se uma dinâmica de reflexão para a qual nos foi dado um coração vermelho, uma folha branca com um ponto preto ao centro e sementes. Olhando para esse ponto negro juntamente com o coração o que sentiríamos, o que nos levaria a refletir, a partir da leitura do Evangelho que tínhamos acabado de escutar... 

Foram momentos de intensa reflexão e partilha. O ponto preto no centro da folha branca é um ponto de encontro (de catequistas), um início, uma semente que para germinar tem de “morrer”. Uma passagem da escuridão para a “Luz”, para a “Vida”! Assim como a semente tem de morrer para germinar, Jesus deu a Sua Vida na Cruz por amor a nós, para nos salvar. 

No coração, cada catequista escreveu o que sentiu nessa reflexão ao jeito de compromisso para este novo ano catequético. Linda flor se formou com os corações dobrados e numa Cruz se colocou! As sementes foram semeadas num vaso onde se colocou algumas pedras, que representam as dificuldades que nos aparecem ao longo da vida, e terra fértil, onde germinarão e crescerão. Regada a terra colocou-se dentro do vaso a Cruz. 

Depois da boa disposição e alegria do almoço, tivemos partilha de dinâmicas e experiências vividas pelos catequistas. Com entusiasmo, boa disposição, energia, união e a força do Espírito Santo realizou-se este encontro de catequistas. 

Bem-haja o nosso querido Padre Albino! Bem haja todos os catequistas presentes e os que em união estavam connosco neste ponto de encontro! Que o Divino Espírito Santo nos ilumine e acompanhe nesta caminhada em Missão!
Encontro de catequistas da Paróquia de Oliveira de Azeméis:

2015-09-26

Encontro de catequistas da Paróquia de Oliveira de Azeméis:

No passado dia 26 de setembro realizou-se, no parque de La-Salette, mais um encontro de catequistas da nossa paróquia. 

O ponto de encontro foi o Santuário de Nossa Senhora de La-Salette. Iniciou-se com uma oração de oferecimento do dia seguido de leitura e reflexão do Evangelho feita pelo nosso Pároco, o Sr. Pe. Albino. Terminou-se com uma linda ação de graças e como não podia deixar de ser, um cântico. Cântico onde pedimos ao Senhor que nos desse a Sua mão para que caminhando pela Sua estrada fiquemos para sempre junto a Ele. 

Seguiu-se uma dinâmica de reflexão para a qual nos foi dado um coração vermelho, uma folha branca com um ponto preto ao centro e sementes. Olhando para esse ponto negro juntamente com o coração o que sentiríamos, o que nos levaria a refletir, a partir da leitura do Evangelho que tínhamos acabado de escutar... 

Foram momentos de intensa reflexão e partilha. O ponto preto no centro da folha branca é um ponto de encontro (de catequistas), um início, uma semente que para germinar tem de “morrer”. Uma passagem da escuridão para a “Luz”, para a “Vida”! Assim como a semente tem de morrer para germinar, Jesus deu a Sua Vida na Cruz por amor a nós, para nos salvar. 

No coração, cada catequista escreveu o que sentiu nessa reflexão ao jeito de compromisso para este novo ano catequético. Linda flor se formou com os corações dobrados e numa Cruz se colocou! As sementes foram semeadas num vaso onde se colocou algumas pedras, que representam as dificuldades que nos aparecem ao longo da vida, e terra fértil, onde germinarão e crescerão. Regada a terra colocou-se dentro do vaso a Cruz. 

Depois da boa disposição e alegria do almoço, tivemos partilha de dinâmicas e experiências vividas pelos catequistas. Com entusiasmo, boa disposição, energia, união e a força do Espírito Santo realizou-se este encontro de catequistas. 

Bem-haja o nosso querido Padre Albino! Bem haja todos os catequistas presentes e os que em união estavam connosco neste ponto de encontro! Que o Divino Espírito Santo nos ilumine e acompanhe nesta caminhada em Missão!
CATEQUESE FORA DE PORTAS - VILAR OAZ
CATEQUESE FORA DE PORTAS - VILAR OAZ

CATEQUESE FORA DE PORTAS - VILAR OAZ

CATEQUESE FORA DE PORTAS - VILAR OAZ

CATEQUESE FORA DE PORTAS - VILAR OAZ

CATEQUESE FORA DE PORTAS - VILAR OAZ

2015-06-06

Catequese fora de Portas: em Vilar – no passado dia 6 de junho, os catequizandos do 1.º ano, fizeram a sua catequese, contemplando a natureza, com um exercício de relaxamento, seguido do poema “Mãe Natureza”:

 

“Como é lindo, Senhor,

Poder ver com estes olhos que me deste…

Poder sentir o cheirinho da natureza que me envolve e dizer:

“Deus existe, olhai e vede a lua cheia ou minguante,

O sol forte ou fraco, as árvores, com as suas folhas embaladas pelo vento,

Vento esse que nos refresca e embeleza ainda mais as coisas que movimenta.

E as águas? Ah! As águas, tão frescas, tão poderosas e tão necessárias à vida”.

Vida, resumo da natureza!

Olhai e bendizei a natureza pois ela, irmãos,

É muito mais importante do que tudo que estais acostumados a admirar e comprar….

 

Cantando e Guiados pela mão, lá foram em direção à Capela de São Lourenço, fazer a oração da manhã e escutar a palavra de Jesus.

Não deixaram que a manhã terminasse, sem que a diversão do jogo da Amizade, os fizessem verificar que os amigos são necessários nas suas vidas. Terminaram dando graças a Jesus, por O terem como amigo.

Pais, filhos e catequistas viveram momentos de comunhão e alegria.
Resumo da Campanha Pascal 2015
Resumo da Campanha Pascal 2015

2015-05-26

Resumo da Campanha Pascal 2015
Campanha Pascal 2015 - Pentecostes - AVANÇAI
Campanha Pascal 2015 - Pentecostes - AVANÇAI

2015-05-25

Campanha Pascal 2015 - Pentecostes - AVANÇAI
CAMPANHA PASCAL 2015 - 7.º Domingo da Páscoa - IDE
<span style=CAMPANHA PASCAL 2015 - 7.º Domingo da Páscoa - IDE " />

2015-05-18

CAMPANHA PASCAL 2015 - 6.º Domingo da Páscoa - RESPONDEI
<span style=CAMPANHA PASCAL 2015 - 6.º Domingo da Páscoa - RESPONDEI " />

2015-05-15

1.º ano de Catequese - dia da Mãe no Santuário de La-Salette
1.º ano de Catequese - dia da Mãe no Santuário de La-Salette

1.º ano de Catequese - dia da Mãe no Santuário de La-Salette

1.º ano de Catequese - dia da Mãe no Santuário de La-Salette

1.º ano de Catequese - dia da Mãe no Santuário de La-Salette

1.º ano de Catequese - dia da Mãe no Santuário de La-Salette

1.º ano de Catequese - dia da Mãe no Santuário de La-Salette

2015-05-05

No passado dia 2 de Maio, o grupo de catequese do 1º ano uniu mães e filhos como vem sendo hábito, mas desta feita, no Santuário de Nª Senhora da La-Salette.

Quisemos partilhar este dia especial para as mães, com a Mãe mais próxima, Mãe mais íntima, Mãe de todos e de todos os momentos.

Foi uma catequese partilhada com a mensagem do Papa Francisco. Uma mensagem escrita à luz do Evangelho de S. Lucas (Lc 1, 26-32 ), onde o SIM de Maria simboliza o Sim das mulheres que aceitam e se entregam aos outros com todo o amor e dedicação.

Tivemos momentos de poesia, oração e testemunhos de filhos e mães. Mães, Mães avós, Mães tias, Mães catequistas…Mães, porque estão no momento certo para cuidar, apoiar, amar e testemunhar esse amor, à imagem de Maria a verdadeira Mãe da humanidade.

Parabéns, seria pouco para expressar a alegria e emoção que se fez sentir neste dia.

Repetir será o nosso desejo para aprendermos mais com estas Mulheres guerreiras que deixaram tudo para dar a mão às nossas crianças e desprovidas de tudo, deixaram fluir os sentimentos mais íntimos, como as lágrimas.

Tal como começamos, acabamos com as palavras do nosso grande Mestre:

«Queridas mães, obrigado, obrigado por aquilo que vocês são na família e por aquilo que dão à Igreja e ao mundo. E a ti, amada Igreja, obrigado por ser mãe. E a ti, Maria, mãe de Deus, obrigado por fazer-nos ver Jesus. E obrigado a todas as mães aqui presentes: saudamo-vos com um aplauso!». Citação de Papa Francisco                                                                            

t-size:12.0pt;line-height:107%'>

 

< 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 >
contactar instituição | webmaster
powered by trampolim.pt